MINI-WEDDING

Mini Wedding ou Casamento Clássico? Qual a real economia?

Oi amoras. Tudo bem com vocês? Bom, se não estava eu espero que agora fique, porque vamos falar de um assunto que é música para os ouvidos de toda noivinha: Economia!

Essa semana me veio a ideia de começar os posts sobre mini weddings e eu pensei: nada melhor do que começar com algumas dicas para as noivinhas que ainda não se decidiram entre o casamento clássico ou uma cerimônia reservada.

Se você quiser algo mais íntimo, provavelmente já está pensando em cortar a lista de convidados pela metade, não é mesmo? Pois é, esse é o primeiro passo rumo a uma possível economia.

Não existe uma quantidade exata, mas os mini weddings no Brasil são feitos com uma faixa de 80 convidados, em alguns casos até 100. E é por ai que você vai analisar seus gastos, contando que, alguns itens do casamento como: Vestido, bouquet, maquiagem, traje do noivo, cerimonialista e penteado terão o mesmo preço.

Já sabemos que não tem jeito, a gente costuma economizar em uma coisa e exceder o gasto em outra, por isso é muito importante ficar atenta aos mínimos detalhes. Por exemplo: o gasto com decorador ou empresa de decoração muito provavelmente será o mesmo de uma festa imensa, e não adianta reclamar, o mesmo trabalho que eles teriam pra organizar um super casamento, eles terão pra organizar o seu, então uma ótima alternativa pra você não reclamar que não economizou na festa é o DIY. Sim! Menos convidados significam menos trabalho para a noiva, abrindo caminho para você se organizar e colocar a mão na massa para produzir. Pode ser coisa bem simples como: item de decoração para mesa dos convidados, lembrancinhas, garrafinhas coloridas, plaquinhas, varal de fotos e até mesmo o seu convite… coisinhas simples que irão fazer uma diferença imensa no seu orçamento.

Uma vantagem que o mini wedding traz é a liberdade para definir o local. Pode ser em casa, no sítio da família ou até mesmo em um restaurante que já oferece estruturas necessárias para eventos. Essa escolha pode zerar o custo de aluguéis ou reduzi-los pela metade, pois você não vai precisar alugar áreas imensas que custariam 3x mais.

E pra finalizar vamos te deixar com um mega sorriso no rosto falando dos itens que sofrem alteração no preço e que são os responsáveis pela real economia. São eles: o bolo, docinhos, bem-casados, bebidas, quantidade de convites e lembrancinhas, flores da decoração e talvez o buffet (dependendo do horário do casamento, almoços e lanches saem mais em conta do que um jantar).

Pronto noivinhas, aí estão algumas dicas que provam que nem sempre um casamento reservado é mais barato do que um mega casório. Mas já dá pra vocês terem uma noção de que tudo depende das escolhas do casal e de que é possível realizar o seu conto de fadas da maneira que cabe no seu bolso se você decidir colocar a mão na massa.

Fotos by: César Júnior Fotográfia

Casamento Karina & Rodrigo

 

One Comment

  • Dea Monts

    Concordo com vcs, às vezes a opção que pensamos que é a mais barata, pode acabar saindo do mesmo valor, ou bem próximo de um super casamento. Temos que analisar bem, e escolher a opção que vá de acordo com cada casal. Tô amando os posts de vcs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *